DIÁLOGO SOBRE UM DISCÍPULO DEPRIMIDO.




Percebendo que seu discípulo andava meio cabisbaixo, com ar abatido e olhar tristonho, Niestévisky resolveu perguntar o que havia de errado. O diálogo entre os dois foi o seguinte:


Niestévisky: Caro discípulo, percebo que você está com algum problema. O que está atormentando sua pobre, entristecida, miserável, simplória e ignorante alma?
Discípulo: Mestre, minha vida anda muito difícil, nada dá certo para mim! Tudo o que tento fazer acaba dando errado.
Niestévisky: Isso é assim mesmo, são coisas da vida, não se desespere. É normal que durante a vida nos deparemos como situações ruins e aparentemente intransponíveis. Mas você sabe como é, no final...
Discípulo: Sei, no final tudo da certo.
Niestévisky: Bem, na verdade eu ia dizer que no final, de um jeito ou de outro, tudo termina. Mas essa sua linha de raciocínio também é boa.
Discípulo: Ultimamente eu nem tenho conseguido dormir direito, me viro na cama a noite toda, só pensando no quanto a vida é difícil.
Niestévisky: Bem, isso é realmente um problema, sei disso porque sou um grande especialista em distúrbio do sono.
Discípulo: Que bom saber disso, será que o senhor pode me dar alguma dica para eu conseguir dormir melhor?
Niestévisky: Desculpe, não entendo nada sobre isso.
Discípulo: Mas o senhor não é especialista em distúrbio do sono?
Niestévisky: Sim, mas como agente causador.
Discípulo: Mas como assim?
Niestévisky: Bem, posso dizer que já tirei o sono de muita gente. Mas isso não vem ao caso, voltemos ao seu problema.
Discípulo: Sim mestre, como eu dizia, não sei se conseguirei superar tantas dificuldades. Estou atravessando um inferno!
Niestévisky: Conseguirá sim, e nisso eu posso te ajudar. Eu mesmo já atravessei infernos algumas vezes durante a minha longo existência sobre esse planeta.
Discípulo: E como o senhor fez isso? Talvez a sua experiência possa servir como exemplo para mim. O que o senhor me aconselha?
Niestévisky: Bem, não sei se a minha experiência servirá para você, mas em todo caso, te darei um conselho assim mesmo.
Discípulo: Ah, muito obrigado, mestre. E qual é o conselho?
Niestévisky: Atravesse correndo.
Discípulo: Correndo? Como assim correndo?
Niestévisky: Ora, sabe como é: inferno, fogo, o chão muito quente...
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Não olhe agora, mas você está sendo vigiado...

NEVASCA

Os visitantes.