Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

EPÍSTOLA DA ITÁLIA.

Imagem
Caro discípulo, creio que já terminei a minha missão aqui na Itália, portanto estou de malas prontas para retornar ao nosso querido Brazil, ou melhor dizendo, Brasil. Mas antes do meu retorno ao lar, deverei fazer uma breve visita ao Paraguai, pois esse nosso país irmão, carente dos meus elevados ensinamentos, contratou uma série de palestras minhas sobre temas diversos.

Infelizmente descobri que estão vendendo as minhas palestras com o nome do palestrante alterado. Até isso se falsifica hoje em dia... Pensei em reclamar, mas como o pagamento é bom, e o que importa é espalhar meus conhecimentos polo mundo, farei assim mesmo. Para não frustrar a plateia, assumirei a identidade do nome posto no cartaz, será difícil mas pelo menos também será um bom exercício de interpretação teatral. Portanto, se você ouvir dizer que Bill Gates, Nelson Mandela, Al Gore e Gandhi, estão palestrando no Paraguai, saiba que sou eu, mas por favor, não espalhe isso por ai. Tenho medo que se o povo souber que na…

A SEITA DO BANCO SAGRADO.

Imagem
O discípulo foi até o gabinete de Niestévisky para conversar e, quem sabe, adquirir um pouco da infinita sabedoria niestéviskyniana. Entrou, fez os cumprimentos habituais e foi se sentar num banco que havia ali por perto. Ao ver que o discípulo estava prestes a repousar o seu herege traseiro no referido banco, Niestévisky deu um grito desesperado e ordenou que ele não esse aproximasse daquele banco. O pobre discípulo, aturdido e confuso, quase teve um ataque cardíaco causado pelo susto que levou da reação exagerada do mestre.
Num primeiro momento o discípulo pensou que a reação do mestre fosse porque se tratasse de um banco muito caro, mas depois de olhar melhor para o banco concluiu que não seria esse o caso. Era um banco bonito, entalhado em madeira, porém com aspecto rústico e desgastado, provavelmente era muito velho.
Curioso, o discípulo, ainda tremendo um pouco, perguntou:

Discípulo: Mestre, perdão! Não imaginei que eu não pudesse me sentar ai. Mas afinal, o que tem de especial es…

DIÁLOGO SOBRE CRIANÇAS E PALMADAS

Imagem
Niestévisky caminhava calmamente pela calçada quando se deparou com uma cena que chamou a sua atenção. Ele viu um pai que repreendia seu filho e lhe dava algumas palmadas leves como castigo. Não suportando ver aquilo, Niestévisky aproximou-se do homem e lhe disse:

Niestévisky: Senhor, ordeno que pare já com essa brutalidade!
Pai: E posso saber quem é você para se achar no direito de me dar ordens?
Niestévisky: Ora, eu sou Niestévisky!
Pai: Senhor Niestévisky, desculpe, não o reconheci. O senhor está diferente... não sei... seus cabelos estão diferentes...
Niestévisky: Estão sim, fiz alisamento japonês.
Pai: Hum, ficou bom. Custou caro?
Niestévisky: Até que não muito, na verdade eu achei barato levando em consideração o ótimo resultado que obtive e... Ora, pare de tentar desviar o assunto, seu bruto! Onde já se viu, um homem do seu tamanho batendo em uma frágil criança!
Pai: Mas é para o próprio bem dele, o senhor deve saber que às vezes são necessárias uma palmadas para se educar um filho.
Nie…