UMA BREVE ESPECULAÇÃO TEOLÓGICO-TRABALHISTA.

No início dos tempos, Deus criou um anjo chamado Lúcifer, mais um dia esse anjo acabou se rebelando contra o seu próprio criador. Como Deus não aceita insubordinação, e tampouco é dado a diálogos e argumentações, Ele achou por bem expulsar do céu, sumariamente, o anjo rebelado. Mas Lúcifer não foi embora sozinho, pois carregou com ele mais um monte de outros anjos igualmente insatisfeitos com o antigo Chefe.

Lúcifer e os outros anjos caídos foram parar no inferno, para sofrerem o tormento do fogo eterno. Lá, o Demônio (Lúcifer teve que mudar de nome por questões de direito autoral) comanda os demais anjos rebelados. Pois bem, aqui cabe uma pergunta: Se os outros anjos caídos se rebelaram contra Deus, que é um bom sujeito, por que eles não se rebelam contra o Demônio, que é um mau caráter?
Com toda a certeza não é pelo fato de que o Demônio pudesse fazer algo ruim contra eles, pois se fosse esse o caso, os anjos caídos teriam medo de se rebelar contra Deus, porque esse sim é especialista em castigar. Portando, o motivo só pode ser outro.

Refletindo a respeito, eu só posso chegar a seguinte conclusão: Deus pode ser melhor que o Demônio em todas as outras coisas, mas pelo menos em coisa uma Ele perde, o Demônio é um patrão muito melhor.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma das minhas criações

Não olhe agora, mas você está sendo vigiado...

NEVASCA