O PLANETA ESTÁ EM PERIGO!

A população mundial está crescendo constantemente, o que faz aumentar a demanda por recursos naturais. Mas esses recursos são limitados.
Florestas são derrubadas para que em seu lugar surjam novas plantações e pastagens. As indústrias necessitam cada vem mais de matéria prima para suprir a demanda de produção.
Agora pense, se isso acontece agora, quando uma grande parcela da população mundial ainda está fora da economia de mercado, o que acontecerá quando todos esses miseráveis forem incorporados pelo capitalismo? Será o caos, o fim.
Como eu sou um homem sábio, e por isso sinto-me obrigado a encontrar soluções para os problemas da humanidade, pus-me a refletir seriamente sobre o assunto na tentativa de encontrar uma forma, se não de eliminar completamente o problema, ao menos minorar os seus efeitos.
Assim eu passei muitas noites insones, mergulhado em exaustivo exercício mental. Caminhei quilômetros e mais quilômetros, pelos vastos corredores da minha biblioteca, fazendo consultas, pesquisando, anotando e refletindo sobre o problema.
Mas todo o meu esforço acabou valendo a pena, pois acabei encontrando o que eu acredito que seja a melhor solução possível para esse gravíssimo problema. E a resposta está na engenharia genética.
Durante as minhas pesquisas, eu observei que os cientistas têm buscado incessantemente, um modo de fazer com que as plantas produzam mais em um menor espaço físico e temporal. Pois a minha solução se baseia justamente no contrário da deles.
Acredito que invés de tentarmos aumentar a produção, devemos é diminuir a demanda. Mas como fazer isso? É aí que entra a manipulação genética. Devemos pesquisar e identificar qual é o gene que determina a altura de um ser humano e então, através da manipulação desse gene, diminuir a sua altura.
Se as pessoas tiverem em média quarenta centímetros de altura, precisarão de menor alimento para nutrir os seus corpos, de menos tecidos para vesti-los, de menos espaço para morar etc.
Os prédios residenciais de hoje em dia, poderiam ser divididos em dois, ou até mesmo em três, na sua altura. Ou seja, um prédio de dez andares facilmente se tornaria um de vinte andares. Um prato de comida como os de hoje em dia, serviriam para alimentar mais do que uma pessoa.
Assim eu creio ter descoberto a salvação para o futuro do planeta. Eu redigi um texto formal e técnico que enviei para a ONU e estou esperando a resposta, para saber quando poderemos por o meu plano em andamento.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Uma das minhas criações

Não olhe agora, mas você está sendo vigiado...

NEVASCA