Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2010

ESMOLA

O discípulo chega até Niestévisky e diz:
Discípulo: Mestre, o senhor pode me emprestar uma moeda?
Niestévisky: Sim, talvez. Mas para quê você precisa de dinheiro?
Discípulo: É que tem um homem pedindo esmola na nossa porta.
Niestévisky: Ah, não dê nada! Toda hora tem alguém batendo aqui e é sempre a mesma coisa, eles chegam contando uma história triste para comover e ganhar alguma coisa, mas na verdade não passam de uns safados preguiçosos que vivem às custas da bondade alheia.
Discípulo: Mas mestre, ele está numa cadeira de rodas...
Niestévisky: Sim, isso não me surpreende. Com certeza ele deve ter arrumado uma cadeira em algum lugar e está aí se fingindo de deficiente. Acredite, eu sei muito bem como são essas pessoas.
Discípulo: Mas mestre, ele não tem as duas pernas e um dos braços!
Niestévisky: Sério?!
Discípulo: Sim, é sério.
Niestévisky: … que coisa... sabe... fique até sem palavras...
Discípulo: E então mestre, o que o senhor me diz agora? Vai me dar a moeda?
Niestévisky: Clao que não, e …