Seguir por Email

27 de dez de 2007

DIÁLOGO SOBRE A TRINDADE.

Discípulo: Mestre, oh vaso onde a criação depositou todas as boas qualidades do universo, humildemente eu te peço que, se possível, acabe com uma dúvida que tem me perseguido há muito tempo.

Niestévisky: Sim, qual é?

Discípulo: Deus é um ser uno, perfeito e indivisível, ou ele é dividido realmente em três partes , como alguns afirmam? Afinal de contas, qual é a verdade?

Nistévisky: Meu filho, aliviarei o teu sofrimento te dando finalmente a resposta que tanto procura. Deus é um ser uno, mas ao mesmo tempo Ele é dividido em três...

Discípulo: Ah sim, o pai o filho e o espírito santo...

Niestévisky: Não, ego, id e superego!

PEQUENO TRECHO RETIRADO DE UMA PALESTRA SOBRE AS VANTAGENS DA FÉ.

...uma das grandes vantagens de acreditar numa existência além da morte é que se um crente estiver certo sobre ela, ele poderá passar toda a eternidade atirando na cara do pobre descrente o fato de que estava certo.
Mas se, em contra partida, não houver uma vida depois desta, tudo se acaba de vez e o descrente não terá o prazer de desfrutar da sua vitória.
Ter razão é sempre muito bom, mas qual é a vantagem se não se pode tirar nenhum proveito disso?...

22 de dez de 2007

DIÁLOGO NATALINO OU SOBRE A MEMÓRIA

Discípulo: Oh grande mestre, detentor da infinita sapiência do universo, tendo em vista a data que se aproxima, o que o senhor pode me dizer sobre o natal?

Niestévisky: Bem, vejamos, o natal é uma data muito bonita, na qual se comemora o nascimento do papai Noel, que veio ao mundo para morrer na cruz e nos dar uma vida eterna de plasma com tela plana...

Espera aí, acho que estou confundindo tudo...

Deixe-me tentar de novo: O natal é uma festa que marca a data em que os fenícios crucificaram o coelho da páscoa, que foi mandado por Buda para que nos fosse dado um nirvana de chocolate...

Ah, sabe de uma coisa, eu desisto! Vou ter que estudar mais sobre o assunto. Sabe meu caro discípulo, viver muito pode até ser bom, mas é péssimo para a memória!

20 de dez de 2007

FRASES DE NIESTÉVISKY.

1- “É melhor dar do que receber. Por isso que eu prefiro receber invés de dar. É que eu sou assim mesmo, quero sempre deixar o melhor para os outros”.

2- “Para mim o aniversário é um paradoxo. A cada ano de vida soma-se um número ao que deveria ser uma contagem regressiva”.

3- “Cuidado quando alguém te mostra os dentes! Pode ser apenas um sorriso, ou a prévia de uma mordida”.

4- “Eu sou tão bom, que às vezes acho que nem eu mesmo me mereço”.

5- “Jamais subestime a estupidez do teu semelhante.”.

6- “Deus quando me criou estava com mania de grandeza”

7- “Dos homens comuns Deus gosta de ouvir orações. De mim Ele preferi ouvir palestras”.

8- “Os outros acham. Eu sei!”.

9- “O surgimento do transplante intervivos e a necessidade de um rim ou medula compatível, são as únicas coisas que justificam a existência dos parentes”.

10- “As abelhas vivem apenas para o seu trabalho e para o bom andamento da sociedade da qual fazem parte. Elas também jamais questionam a rígida hierarquia da colméia e estão sempre dispostas a dar a própria vida por ela. Deve ser por isso que vivem tão pouco e não riem nunca!”.

PEQUENA NOTA AUTOBIOGRÁFICA.

Quando eu era criança, mais ou menos uns dez anos de idade, meu saudoso pai me arranjou um emprego numa pequena fábrica de estátuas de gesso. A fabrica era especializada em confeccionar santos de todos os tipos e para todos os gostos.
Mesmo contra a minha vontade, pois eu jamais acreditei nos supostos méritos e benefícios do trabalho, acabei indo trabalhar na tal fábrica.
Uma semana depois eu fui despedido do emprego. É que eu, por ser muito distraído e péssimo para trabalhos manuais, acabava quebrando, acidentalmente, quase todas as estátuas que eu produzia.
Hoje, quando eu penso sobre este fato marcante da minha vida, percebo que desde aquela época eu já era inclinado a iconoclastia, mesmo que ainda de forma inconsciente.
Por isso eu acredito que a minha missão de criar um mundo novo e perfeito a partir das cinzas e das ruínas deste mundo antigo e ultrapassado, não é apenas um capricho meu, mas também é uma vontade do universo.

17 de dez de 2007

DIÁLOGO SOBRE NIETZSCHE E DEUS.

Discípulo: Mestre, oh único conhecedor do segredo último das coisas, peço-lhe humildemente que me fale um pouco sobre Nietzsche.

Niestévisky: Nietzsche? Sim, claro... Hã... Deixe-me ver... Bem, era alemão e tinha um bigode muito estranho.

(Ao dizer isso, Niestévisky já havia dado o assunto por encerrado. Então um breve silêncio constrangedor surgiu no local, silêncio que só foi quebrado quando o discípulo criou coragem suficiente para pedir ao mestre que se aprofundasse mais sobre o assunto).

Discípulo: Desculpe a minha insistência, oh grande decodificador de todos os segredos existentes, mas peço-lhe que se aprofunde um pouco mais sobre o tema, oh grande sábio, pois ainda há algumas coisas que eu quero saber, por exemplo, o que o senhor acha sobre Nietzsche ter dito que Deus morreu?

Niestévisky: Sim, claro. É de conhecimento geral que os dois nunca se deram muito bem, exceto durante a infância, a infância de Nietzsche, é claro, pois Deus é bem mais velho que ele. Há até quem afirme que a desavença entre os dois nada mais era do que um conflito de gerações. Até pode ser, mas essa tese ainda carece de uma investigação mais profunda. Mas enfim, o fato é que Nietzsche não acreditava em Deus e Deus não acreditava Nietzsche.
Sobre a afirmação de que Deus morreu, bem, morreu mesmo. Mas para ser franco, há tantos deuses por aí, que um a mais ou um a menos, não faz muita diferença.
Quando Nietzsche proferiu a tal frase, ela acabou por criar muita polêmica, pois o corpo do falecido jamais foi encontrado, fato esse que abre margem para especulações sobre a possibilidade de que ele ainda esteja vivo. Mas esse não é o meu caso, pois eu creio que ele tenha realmente morrido, e digo mais, Nietzsche também morreu. Assim, mortos os dois, acredito que a polemica está definitivamente encerrada. Vão-se os homens, e os deuses, mas o que importa é que as suas obras permanecem. Sim, os dois morreram, mas ainda estão vivos em nossos corações.

Discípulo: E o senhor pode me dar algum exemplo de como a filosofia de Nietzsche entra em conflito com a doutrina cristã?

Niestévisky: Bem, elas divergem em vários pontos, mas um dos que eu me lembro agora é que Deus afirma que Cristo voltará. Nietzsche também afirma que Cristo voltará, porém, infinitas vezes.

15 de dez de 2007

PEQUENO FRAGMENTO DE UM DIÁLOGO ENTRE O MESTRE E O SEU DISCÍPULO SOBRE A MORTE

Discípulo: Mestre, é verdade que o senhor não vai a velórios?

Nistévisky: Sim discípulo, isso é verdade.

Discípulo: Mas por que mestre?

Nistévisky: Porque eu acho isso tudo muito desagradável. Aliás, eu acho velórios e enterros algo tão desagradável, que eu só irei ao meu próprio se for obrigado.

13 de dez de 2007

NIESTÉVISKY CONFORTANDO UM DOENTE

Certa vez, um dos discípulos de Niestévisky sofreu um grave acidente ao pular numa piscina muito rasa. Quando soube do ocorrido, o mestre foi visitá-lo. Ao ver o grande sábio ao seu lado, o pobre discípulo lhe disse, com voz fraca e emocionada:

_Mestre, oh sábio entre os sábios, veja em que estado lastimável eu me encontro. Por causa do meu acidente fraturei uma vértebra e agora estou condenado a passar o resto da minha vida preso a uma cama. Oh mestre, use um pouco da sua infinita sabedoria para dizer algo que conforte o meu espírito.

_Meu desafortunado discípulo, não se preocupe com o que os médicos te disseram sobre passar o resto da vida preso a uma cama. Afinal, a vida não dura para sempre.

11 de dez de 2007

DIÁLOGO SOBRE OS HOMENS JUSTOS.

Discípulo: Mestre, como eu posso identificar um homem justo?

Niestévisky: É muito fácil. O homem justo tem os cabelos verdes, três braços e anda sempre montado num boi com asas.

Discípulo: Mas mestre, isso não existe!

Niestévisky: Exatamente.

DIÁLOGO SOBRE O PECADO

Discípulo: Mestre, um dia a humanidade conseguirá erradicar todo o pecado da face da terra?

Niestévisky: A humanidade jamais fará isso.

Discípulo: Mas por que mestre, o pecado é indestrutível?

Niestévisky: Não meu fiel discípulo. É que sem o pecado, nós morreríamos de tédio!

FRASES SOBRE NIESTÉVISKY

“Na verdade eu me inspirei nele.”
Jerome (Jerry) Siegel-Criador do Super-homem.

“Eu fiz uma brincadeira que ele não gostou, e ele me arrebentou de porrada!”
Bruce Lee

"Ele foi o homem mais viril que já se deitou comigo."
Marilyn Monroe

“Toda vez que tenho alguma dúvida teológica eu ligo para ele.”
Papa Bento XVI

”O simples fato de existir alguém como ele, já justifica toda a minha obra.”
Deus

"Quando eu me aposentar, colocarei ele no meu lugar."
Idem.

"Se Niestévisky fosse Deus, o inferno jamais existiria. Eu não teria coragem de enfrentá-lo!"
Lucifer

"Eu só consegui fazer mais de mil gols porque Niestévisky não era o goleiro!"
Edson Arantes do Nascimento-Pele.

“Pai, só mesmo Niestévisky para dar um jeito nessa gente!”
Jesus Cristo, dizendo suas últimas palavras.

“Quando Hitler soube que Nistévisky estava apoiando os aliados, admitiu que tudo estava perdido e matou-se.”
Hilda Weber - última cozinheira do Führer.

“Ele me disse que havia falhas no projeto, mas infelizmente nós não lhe demos ouvidos.”
Frase dita por um dos donos da Harland & Wolff-Empresa que construiu o Titanic.

"Se Niestévisky vivesse na América pré-colombiana, os índios é que teriam dominado a Europa"
Anonimo

“Eu queria ser dentista, mas ele me disse para estudar física. Hoje eu vejo que fiz bem em acatar o seu conselho.”
Albert Einstein

“Queremos Niestévisky para rei do mundo.”
Frase escrita na placa de um manifestante, durante uma manifestação pela paz em frente ao prédio da ONU.

10 de dez de 2007

SOBRE AQUELES QUE VIRÃO NOS VISITAR EM BREVE.

Um dia, enquanto o sábio Niestévisky dava o seu tradicional passeio pelos longos corredores do seu instituto, caminhando lentamente, com os seus passos de homem velho, as mãos postas para trás, e com o olhar perdido em algum ponto indefinido do espaço, repentinamente ele parou e disse em voz alta para si mesmo: “Eles estão chegando!”.
Um dos seus discípulos que estava ali por perto, entusiasmado com as possibilidades que poderiam se desenrolar daquela revelação, perguntou ao mestre: “ Oh mestre, luz que veio ao mundo para destruir as sombras da ignorância e da superstição, quem são esses seres que estão chegando?”.
Ao ouvir a pergunta, Niestévisky virou-se para o seu discípulo e disse: “ Sei lá, a todo o momento chega alguém diferente aqui no instituto! Este lugar está virando uma bagunça!”.

6 de dez de 2007

DIÁLOGO MINIMALISTA SOBRE O NIILISMO.

Discípulo: Mestre, o que o senhor acha do niilismo?

Niestévisky: Nada.

4 de dez de 2007

RECEITA PARA FICAR RICO E ARRANJAR MUITAS MULHERES.


Discípulo: Mestre, luz do mundo, senhor de todo o conhecimento possível, detentor da verdade última do universo...
Niestévisky: Tudo bem, conclua!
Discípulo: Oh mestre, como posso fazer para arranjar muito dinheiro e muitas mulheres, sendo eu um homem tão feio, pobre e ignorante?
Niestévisky: Caro discípulo, seu caso não é de fácil solução, mas procurarei um modo de ajudá-lo. Volte amanhã.
(No outro dia o discípulo volta e pergunta se o mestre encontrou algo que resolvesse o seu terrível problema).
O mestre responde o seguinte:
Preocupado com o seu problema, eu resolvi tentar achar uma saída para o seu dilema. Fui até a minha vasta biblioteca, e depois de muitas consultas, encontrei num velho pergaminho, uma única solução, uma antiga receita de macumba egípcia, que segundo o autor, é infalível.Você precisa encontrar uma rã que coaxe em dó sustenido. Depois de encontrada, vá até a encruzilhada mais próxima da sua casa, tem que ser à meia noite, mas a meia noite do fuso horário belga. Chegando lá, equilibre a rã sobre a cabeça e a obrigue a coaxar a nona sinfonia de Beethoven. Enquanto ela faz isso, você deve bater cinco vezes com a mão esquerda, no seu cotovelo esquerdo. Depois repita a operação, com a mão direita e o cotovelo direito. Feito isso, é só voltar para casa e esperar pelo resultado.

Discípulo: Mas isso funcionará?
Niestévidky: Se funcionará ou não, confesso que eu não faço a menor idéia, mas se você conseguir fazer tudo isso, exatamente como eu receitei, pode montar um show e cobrar entrada. Quem não pagaria para ver alguém fazendo uma coisa dessas, não é mesmo?Desse modo, você resolve o problema de falta de dinheiro. Poderá ficar rico, e isso resolverá automaticamente o seu problema de falta de mulheres, afinal de contas, já viu um cara rico não conseguir arranjar mulher?

29 de nov de 2007

SOBRE A CEGUEIRA

Diz o dito popular, que o pior cego é aquele que não quer ver. Pois mais uma vez o povo está errado, o que não é nenhuma novidade.
Na verdade, o pior cego é aquele que enxerga um pouco, pois, se ele é capaz de enxergar um pouco, então não é bem cego. Por isso, eu entendo que o melhor cego é aquele que não enxerga nada, pois esse sim, vive a cegueira em toda a sua plenitude.

27 de nov de 2007

DA EXISTÊNCIA DO QUE INEXISTE.

O que não existe, nem no mundo físico e nem no campo das idéias, com toda a certeza, absolutamente não existe em nenhum lugar, e também a sua inexistência não deve fazer a menor falta. Pois se essa coisa fosse realmente possível de existir e/ou necessária, alguém já a teria criado, pensado, ou ao menos desejado a sua existência.
Sendo assim, por mais paradoxal que isso possa parecer, existe algo cuja existência é completamente impossível. Assim, essa coisa existe graças a sua característica única, que vem a ser justamente a sua incapacidade de vir a ser.
Por isso, se essa coisa, que é apenas porque não pode ser, viesse um dia a ser de fato, perderia a única característica que a define e lhe confere existência. Portanto, ao ser, ela perderia a característica de não ser, e por isso deixaria de ser o que hoje é, ou seja, algo que não é.
Desse modo, eu entendo que existem coisas que são, coisas que não são, coisas que são e deixarão de ser, mas que mesmo assim, ainda continuarão sendo, porque já existiram um dia e devem continuar existindo, ao menos através do seu arquétipo. E por fim, existem coisas que não existem e que jamais existirão, por que não podem sequer ser pensadas.
Agora, depois de explicar, de um modo claro, conciso e brilhante, o que é a coisa que não existe, para que a minha aula fique ainda mais clara do que já está, acredito que falte apenas uma breve explicação sobre a coisa que é, e que justamente por isso mesmo, existe.
Pois bem, se uma coisa está, enquanto si mesma, plenamente possuidora de todas as características inerentes e necessárias para constituir de um modo completo tudo aquilo o que ela é, e deve ser, e se, em contra partida, essa mesma coisa está plenamente desprovida de qualquer característica que não faça parte de si, enquanto si mesma, então se pode afirmar, sem nenhum medo de erro, que essa coisa é plena de si, e, portanto, ela não diverge em nada do que deveria ser. Assim sendo, ela é!

26 de nov de 2007

OS CIGARROS.

Você acredita em teoria da conspiração? Pois é, muitas pessoas duvidam, mas pense bem, a grande artimanha do Diabo é justamente nos fazer crer que ele não existe.
O meu texto de hoje é para denunciar uma campanha subterrânea de difamação que determinadas forças ocultas vêm fazendo contra o cigarro. Sim, contra o pobre cigarro. Quantas coisas terríveis você já ouviu falar sobre ele? Com certeza foram muitas. Muitas mentiras absurdas e difamantes. Pois se prepare, porque agora eu revelarei a verdade sobre o cigarro.
Por muitos anos eu venho fazendo uma incansável pesquisa sobre o tabaco. Foram horas ininterruptas de trabalho árduo, apenas com pequenas pausas para um cigarrinho. Mas todo o meu esforço valeu a pena, pois hoje eu terminei o meu estudo e posso finalmente revelar o que eu descobri.
Dizem que o cigarro faz mal à saúde e que reduz o drasticamente o tempo de vida do fumante. Pois eu afirmo cientificamente que isso é a mais pura mentira. E digo mais, além de não fazer mal, o cigarro faz bem. Duvida? Ora, pois então vejamos:
O cigarro produz basicamente o que? Fumaça. Fumaça essa que é inalada através do aparelho respiratório do fumante. Pois bem, há muito tempo, quando não existia geladeira, era preciso fazer algo para que os alimentos não se estragassem. E o que era feito? os alimentos de origem animal eram defumados. E como se defuma algo? Com fumaça! Aí é que está a chave da questão. Quando um fumante inala a fumaça para dentro de si, nada mais está fazendo do que se defumar internamente. Como o fumante também é de origem animal, isso quer dizer que, defumando os seus órgãos internos, eles durarão mais tempo, ou seja, o cigarro, invés de encurtar a vida do fumante, na verdade a aumenta.

Eu sei que ainda resta uma questão importante a esclarecer. Por quê, afinal de contas, alguém faria uma campanha contra o cigarro, sendo ele algo assim tão inofensivo? E quem é o agente causador dessa campanha sórdida? Pois se prepare, porque a resposta será surpreendente. Essa campanha é liderada pelo Demônio. Sim, é o senhor das trevas que deseja que a humanidade se afaste do tabaco. Mas e por quê? Bem, a resposta é bastante simples. Vamos a ela:
Qual é o formato do cigarro? Ele é um bastão.
O que ele faz? Produz fumaça.
A partir do que essa fumaça é produzida? A partir de uma planta.
Pois então, juntando tudo isso, o cigarro é basicamente um incenso!
Bem, todos sabem das propriedades espirituais que o incenso possui. É conhecida e reconhecida a sua capacidade de elevar o espírito e de equilibrar as energias, portanto, ele age como um intermediário entre o homem e o Ser Supremo do universo. Como o Demônio tenta a todo custo afastar o homem de Deus, ele lançou no mundo esse monte de mentiras sobre o inocente e salutar hábito de fumar.

Ainda há muito mais coisas para falar sobre esse assunto, mas eu não estou com vontade.

22 de nov de 2007

BREVE DIALOGO SAPIENCIAL.

Discípulo: Mestre, qual é a velocidade da luz?

Niestévisky: A velocidade da luz é de exatos 299 792 458 metros por segundo, o que da 1 079 252 848,8 quilômetros por hora.

Discípulo: Ó grande detentor do saber absoluto, é verdade que não existe nada mais rápido do que a luz?

Niestévisky: Sim, isso é exato. Nada pode se mover mais rápido do que a luz.

Discípulo: Se me permite mais uma pergunta, ó luz que veio para iluminar este mundo que jaz mergulhado nas trevas da ignorância e da superstição, é também verdade, como afirmam os físicos, que não há nada no universo que possa se igualar em velocidade à luz?

Niestévisky: Infelizmente os físicos estão errados sobre isso. Existe uma coisa, e apenas uma única coisa, que pode se igualar a velocidade da luz.

Discípulo: Ó mestre, então me diga que coisa é essa, ilumine a minha ignorância com as suas palavras.

Niestévisky: Então saiba, meu discípulo, que a única coisa existente em todo o universo que é tão rápida quanto a luz é o escuro. Para verificar a verdade do que te digo, basta desligar um interruptor e observar que o escuro surge na sala na mesma proporção e rapidez em que a luz desaparece.

21 de nov de 2007

REFLEXÕES SOBRE O SER E O DEIXAR DE SER.

A vida seria uma coisa perfeita e maravilhosa se não fosse por um pequeno problema inerente a ela mesma.
É que o fato de estarmos vivos pressupõem que um dia, num futuro não muito distante, estaremos mortos.

Por outro lado, estar morto não seria um problema assim tão grande, se não fosse uma pequena característica desagradável que é indissociável ao fato de estar morto. O problema é que, ao contrário da vida, a morte costuma durar muito tempo.

19 de nov de 2007

PARÁBOLA DO VERME

O menino olha para um passarinho que voa perto dele e diz em voz alta para si mesmo:

_ Mas que lindo passarinho, com as suas lindas, coloridas e delicadas penas, com o seu vôo gracioso e o seu canto doce e angelical.

De repente, do chão de onde o menino estava surge uma voz aguda e bastante irritada, que diz:

_ Claro, seu filho da puta, você diz isso porque não é uma minhoca!!!




(Moral da história: uma coisa, por mais bela que seja, perde todo o seu encanto a partir do momento em que fazemos parte da sua cadeia alimentar.)

O PLANETA ESTÁ EM PERIGO!

A população mundial está crescendo constantemente, o que faz aumentar a demanda por recursos naturais. Mas esses recursos são limitados.
Florestas são derrubadas para que em seu lugar surjam novas plantações e pastagens. As indústrias necessitam cada vem mais de matéria prima para suprir a demanda de produção.
Agora pense, se isso acontece agora, quando uma grande parcela da população mundial ainda está fora da economia de mercado, o que acontecerá quando todos esses miseráveis forem incorporados pelo capitalismo? Será o caos, o fim.
Como eu sou um homem sábio, e por isso sinto-me obrigado a encontrar soluções para os problemas da humanidade, pus-me a refletir seriamente sobre o assunto na tentativa de encontrar uma forma, se não de eliminar completamente o problema, ao menos minorar os seus efeitos.
Assim eu passei muitas noites insones, mergulhado em exaustivo exercício mental. Caminhei quilômetros e mais quilômetros, pelos vastos corredores da minha biblioteca, fazendo consultas, pesquisando, anotando e refletindo sobre o problema.
Mas todo o meu esforço acabou valendo a pena, pois acabei encontrando o que eu acredito que seja a melhor solução possível para esse gravíssimo problema. E a resposta está na engenharia genética.
Durante as minhas pesquisas, eu observei que os cientistas têm buscado incessantemente, um modo de fazer com que as plantas produzam mais em um menor espaço físico e temporal. Pois a minha solução se baseia justamente no contrário da deles.
Acredito que invés de tentarmos aumentar a produção, devemos é diminuir a demanda. Mas como fazer isso? É aí que entra a manipulação genética. Devemos pesquisar e identificar qual é o gene que determina a altura de um ser humano e então, através da manipulação desse gene, diminuir a sua altura.
Se as pessoas tiverem em média quarenta centímetros de altura, precisarão de menor alimento para nutrir os seus corpos, de menos tecidos para vesti-los, de menos espaço para morar etc.
Os prédios residenciais de hoje em dia, poderiam ser divididos em dois, ou até mesmo em três, na sua altura. Ou seja, um prédio de dez andares facilmente se tornaria um de vinte andares. Um prato de comida como os de hoje em dia, serviriam para alimentar mais do que uma pessoa.
Assim eu creio ter descoberto a salvação para o futuro do planeta. Eu redigi um texto formal e técnico que enviei para a ONU e estou esperando a resposta, para saber quando poderemos por o meu plano em andamento.

18 de nov de 2007

UMA PEQUENA EXPLANAÇÃO SOBRE MIM MESMO.

Olá pobre mortal, eu sou Nistévisky, aquele a quem os humanos comuns chamam de sábio e a que os sábios chamam de mestre, pois eu nasci com a habilidade de saber tudo. Eu sempre estou certo, mesmo quando estou errado. Modéstia? Não, obrigado. Não nasci com esse defeito. Deixo a modéstia para aqueles que precisam dela.
Eu estudei filosofia, parapsicologia, licantropia, teologia, demagogia, hermenêutica, propedêutica, mágica de salão, relojoaria, (para entender o conceito do tempo) kung fu, ninjutsu, química, alquimia, e mais um monte de outras coisas.Graças a isso, hoje eu sou um sábio.
Este espaço foi criado e será dedicado a expor as minhas descobertas, minhas teorias e para demonstrar a minha sabedoria, perspicácia e inteligência. Pois eu, ao contrário de Sócrates, só sei que tudo sei. Por isso, você, pobre ser mergulhado nas eternas trevas da ignorância e da superstição, será muito bem vindo aqui. Claro que muitas coisas que direi não estarão ao alcance do seu cérebro limitado, mas mesmo assim, mesmo que você consiga entender apenas uma ínfima porção do que eu sei, isso já mudará radicalmente a sua vida, pois eu espero me tornar o elo que ligará o antigo e defasado ser humano ao seu novo estágio evolutivo.
Eu sou um desatino, sou um Buda furioso.
Venha para o mundo de Nistévisky.